Pilates Emagrece? Artigo 1

homens-pilates-300x200Em busca do corpo perfeito e da melhor atividade física a ser realizada, é muito comum as pessoas procurarem o método de Pilates para emagrecimento.  Para responder a pergunta de clientes e dos vários telefones recebidos na clínica, fui em busca da literatura científica para responde-los com mais propriedades.

A Escola de Educação física e Esportes do Konya na Turquia (School of Physical Education and Sport, Selcuk University of Konya, Konya, Turke), analisaram os efeitos de 8 semanas de exercícios com  mat pilates e pilates com bola na massa corporal, circunferência abdominal e a relação cintura- quadril em 58  homens obesos e sedentários. Foram divididos em dois grupo, no grupo que realizaram a aula de pilates e o grupo controle que não realizaram a aula de Pilates.  A aula foi realizada 1 hora por dia, 1 vez por semana durante 8 semanas. Após o treinamento os homens obesos foram reavaliados e o método de pilates se mostrou eficiente no peso, no índice de massa corporal, na massa magra, na relação cintura quadril, bíceps, tríceps, na gordural corporal, na taxa metabólica basal e na flexibilidade. O grupo controle não mostrou diferença nos parâmetros avaliados. O método de pilates com os exercícios do mat pilates e do pilates com bola, se mostrou eficiente na redução da obesidade, na composição corporal e na flexibilidade em homens obesos e sedentários.

Referência bibliográfica: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22397236

A Clínica Sphera possui um lindo e  moderno estúdio de Pilates em suas unidades

Unidada I: Rua: Soldado João de Oliveira, 326, Pirituba, São Paulo- SP.

( 11)  2367 – 6051 , (11)  2367 – 6584

Unidade II: Rua: dos Alpes, 603, Curuça, Santo André, SP.

(11)  4509 – 4460,  (11) 4509- 4460

Aula experimental gratuíta

www.spherafisioterapia.com.br

Compartilhar/Favoritos

Treinamento em circuito é ideal para perda de peso

http://readysetgo.com.sg/wp-content/uploads/2012/03/circuit-training-homepage.jpg

 

O treinamento em circuito é considerado uma das melhores opções para quem quer emagrecer de forma saudável e definitiva. “O método consiste em uma série de exercícios dispostos em estações onde, o atleta executa o exercício proposto durante um tempo determinado pelo personal trainer, com pequenos intervalos.”explica o personal trainer David Marques.

Este tipo de treino é muito dinâmico e o atleta pode experimentar diferentes tipos de exercícios de musculação, corrida, ciclismo, step, ginástica, entre outros, utilizando diversos materiais como cones, arcos, bolas, elásticos, colchonetes e etc. Além disso, o número de exercícios e tempo de execução de cada um são determinados pelo profissional de acordo com o objetivo do atleta, sua modalidade e seu nível de condicionamento físico. Este tipo de treinamento melhora o condicionamento físico geral, desenvolve valências físicas específicas, fortalece grupos musculares importantes do desporto específico de um atleta.

O treino em circuito pode ser praticado por qualquer pessoa desde uma criança, como recreação, até uma pessoa obesa, como parte especifica do processo de emagrecimento. Nesta modalidade o praticante pode perder em uma única sessão até 200 calorias. Há ainda outras vantagens do treino como:

  • Pode ser realizado em qualquer lugar (praias, praças, parques, bosques e também lugares fechados como quadras e salas de ginástica);
  •  Pode ser praticado por uma pessoa ou um número variado delas, supervisionadas por um personal trainer;
  • Versatilidade do treinamento;
  • Os resultados se fazem perceber em um menor tempo.

O treinamento em circuito foi idealizado por R. E. Morgan e G. T. Adamson, em 1953, na Inglaterra. “Durante o inverno, impossibilitados de treinar nos campos abertos ao ar livre, os ingleses criaram um método de treinamento que poderia ser realizado em espaços menores e serviria para manter ou desenvolver as capacidades físicas dos atletas”, finaliza o personal trainer.

Fonte:http://www.educacaofisica.com.br/index.php/fitness/canais-fitness/treinamento-funcional/22259-treinamento-em-circuito-e-ideal-para-perda-de-calorias

SPHERA CLÍNICA DE FISIOTERAPIA

http://www.spherafisioterapia.com.br

AGORA COM TREINAMENTO FUNCIONAL

SITUADA NA  RUA: SOLDADO JOÃO DE OLIVEIRA N 174 – SUBSOLO DA ACADEMIA ÁGUA VIDA. PIRITUBA, SÃO PAULO-SP

AVALIAÇÃO GRATUITA

AGENDE O SEU HORÁRIO (11) 2367 6584/ (11) 2367 6051/(11) 8266 9878

 

Emagreça e ganhe massa muscular com o Treinamento Funcional

A melhor forma de ganhar músculos é sem dúvida através da musculação. O educador físico Luciano D’Elia, um dos precursores do treinamento funcional no Brasil, desenvolveu um programa para quem quer emagrecer e conquistar músculos e outro para quem quer ganhar peso e músculos. Alguns exercícios se repetem nos dois treinos – a diferença está no tempo de descanso e na qualidade das séries e repetições.

Definição de músculos e Emagrecimento

Treino:

Faça o treino quatro vezes por semana. A segunda etapa está dividida em duas partes, para você fazer em dias alternados. O treino completo (primeira, segunda e terceira etapas) totaliza 40 minutos e não há descanso entre os exercícios. À medida que se sentir mais forte, pule um nível – de iniciante para intermediário, por exemplo.

Primeira Etapa: Aquecimento;

Vale como aquecimento, correr, pular corda durante 10 minutos;

Segunda Etapa: Hipertrofia;

Complexo Dumbbell 1;

  • Remada alta: Trabalha bíceps, costas e ombro;
  • Stiff: Trabalha glúteos, posterior da coxa e tríceps;
  • Arranque: Trabalha bíceps, tríceps, ombro, glúteos e costas;

Complexo Dumbbell 2;

  • Avanço Multilateral: Trabalha glúteos, posterior da coxa, adultor e panturrilha;
  • Arremesso: Trabalha bíceps, tríceps, ombro, peito, glúteos e costas;
  • Stiff uni: Trabalha glúteos, posterior da coxa e tríceps;

Terceira Etapa: Circuito Core;

  • Prancha bola: Trabalha a região pélvica, abdômen e lombar;
  • Abdominal bola: Trabalha a região pélvica, abdômen e lombar;
  • Hiperbola: Trabalha a região pélvica, abdômen e lombar;

Ganho de massa muscular e de peso

Treino:

Faça o treino quatro vezes por semana. Os exercícios da segunda etapa são divididos em duas partes, para você fazer em dias alternados. O treino completo (primeira, segunda e terceira etapa) totaliza cerca de 1 hora. À medida que se sentir mais forte, pule um nível – de iniciante para intermediário por exemplo aumentando o número de série, carga, repetições e intervalos.

Primeira Etapa: Aquecimento;

Vale como aquecimento, correr, pular corda durante 10 minutos;

Segunda Etapa: Hipertrofia;

Dia 1;

  • Avanço: Trabalha glúteos e posterior da coxa;
  • Agachamento: Trabalha glúteos e quadríceps;
  • Stiff: glúteos, posterior da coxa e tríceps;

Dia 2;

  • Arranque uni: Trabalha bíceps, tríceps, ombro, glúteos e coxa;
  • Remada com desenvolvimento: Trabalha bíceps, tríceps, costas e ombro;
  • Arremesso: Trabalha bíceps, tríceps, ombro, peitoral, glúteos e costas;

Terceira Etapa: Circuito Core;

  • Prancha bola: Trabalha a região pélvica, abdômen e lombar;
  • Abdominal bola: Trabalha a região pélvica, abdômen e lombar;
  • Hiperbola: Trabalha a região pélvica, abdômen e lombar;

Fonte: Revista Women’s Health, agosto de 2009 – Edição 10