Um programa de fortalecimento de quadril para corredores

O efeito de um programa de fortalecimento do quadril na mecânica durante a corrida e agachamento unipodal

Em set de 2011 na JOSPT – Journal of orthpaedic e Sport physical therapy, Richard W. Willy e Irene S. Davis publicaram um estudo sobre o efeito de um programa de fortalecimento do quadril na mecânica durante a corrida e o agachamento unipodal. Eles investigaram se um fortalecimento e um programa de educação do movimento, separando os abdutores de quadril, rotadores externos, alteram a mecânica do quadril durante a corrida e o agachamento unipodal

 Os padrões de movimento durante a corrida e do agachamento unipodal tem sido associado com injúrias relacionadas a  corrida em mulheres. Intervenções terapêuticas para esses padrões de movimentos anormais tipicamente incluindo o fortalecimento do quadril.  Enquanto esses programas de fortalecimento tem mostrado melhores nos sintomas, é desconhecido se a mecânica subjacentes durante os movimentos funcionais é alterada

Eles analisaram 20 mulheres saudáveis com excessiva adução de quadril durante corrida foram selecionadas pela análise da marcha. As corredoras foram selecionados pela idade, distância percorrida e foram separadas em um grupo de treinamento e outro de controle. O grupo de treino realizou um fortalecimento de quadril em um programa de educação do movimento, 3 horas por semana durante 6 semanas , mas o treinamento de agachamento unipodal com educação neuro muscular consistindo de um feedback verbal e visual na própria mecânica. O grupo controle não recebeu nenhuma intervenção, mas manteram a distancia atual da corrida usando um dinamômetro e procedimentos de captura de movimentos padrões, mecanismos de força do quadril, corrida e agachamento unipodal foram comparadas antes e depois o fortalecimento e programa de educação do movimento. Eles concluíram que a força dos adutores e rotadores externos foram significantemente maior no grupo de treinamento não houve mudança significante na mecânica do quadril ou joelho durante a corrida. Entretanto, durante o agachamento unipodal, a adução e a rotação do quadril, e a queda contralateral da pelve diminuiu significantemente. O grupo controle não exibiu mudanças na força do quadril no agachamento unipodal e mecanismo de corrida na conclusão do estudo de 6 semanas.

Eles concluíram que o programa de fortalecimento e um programa de treinamento especifico para agachamento unipodal não altera o mecanismo de corrida, mas melhora o mecanismo do agachamento unipodal. Esses resultados sugerem que o fortalecimento do quadril e o treinamento de movimento quando não é especifico para corrida não altera a mecanismo normal da corrida.

A Sphera Fisioterapia oferece um treinamento funcional personalizado e individualizado para corredores.

J. Orthop sports phys Ther 2011; 41(9): 625-632, Epub 12 July 2011, doi 10.2519/jospt.2011.3470

http://www.jospt.org/issues/id.2608/article_detail.asp – veja o artigo com detalhes.

VN:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
VN:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Be Sociable, Share!

aletea

2 Comments

Boxs

Temos q ficar atentos nesse excicreio pois as propriedades elasticas de uma articulae7e3o e9 diferente das q encontramos nos musculos, e outro fator importante tambe9m e q quanto maior a flexe3o do joelho maior vai ser a tense3o na patela ente3o sugiro(opnie3o particular) ne3o chegar a uma flexe3o de 90ba na execue7e3o desse excicreio e ficar atento tambem no posicionamento da coluna

VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Reply
Mana

Sf3 para corrigir oq disse a cima prdariedpoes elasticas dos ligamentos e ne3o das articulae7e3o e9 diferente das q encontramos nos musculos, sendo mais resitente a trace7e3o do que a tense3o e sendo pouco elastico seu periodo de recuperae7e3o e9 prolongado e se forem excessivamente extendido, podem ne3o adquirir o seu coprimento normal.Sf3 uma corree7e3o Mestre abrae7o

VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.