Existe cura para a Gagueira?

Muito é falado sobre a gagueira na literatura. As pesquisas abordam especialmente a etiologia do problema, avaliação e terapêutica. No entanto, parece haver um discurso sobre a impossibilidade de cura dela, especialmente caso a pessoa procure um tratamento tardiamente.gagueira_imagem

            No site IFono* (http://www.ifono.com.br/ifono.php/home), há uma sessão de “mitos e verdades”, que têm como objetivo esclarecer questões de fala e escrita. Olhando essa sessão, encontrei um tópico que falava sobre gagueira. Uma especialista sobre gagueira, Silvia Friedman, foi convidada para escrever se é mito ou verdade a crença de que “gagueira não tem cura”. Acesse: http://www.ifono.com.br/ifono.php/a-gagueira-no-tem-cura-por-silvia-friedman

            A autora coloca que, de fato, há aqueles que consideram a gagueira incurável. No entanto, isso parte de uma concepção fundada sobre a noção de que a gagueira tem etiologia orgânica, ou seja, de que a causa da gagueira é genética ou neurológica. Aponta também que essa não é a única maneira de se pensar sobre gagueira e que há outras maneiras de se produzir conhecimento científico sobre o tema.

            Afirma que há também quem entenda e estude a gagueira a partir da “vida de relação” de uma pessoa. O sujeito, vivendo numa sociedade e se relacionando com os outros, será afetado nessas relações, que podem, inclusive, fazer marcas em seu corpo. A autora coloca a disfluência como algo que não é exclusivo do gago: todos os indivíduos têm momentos de “lapsos, pausas”. O gago, no entanto, teria uma visão estigmatizada de si mesmo por esses momentos de interrupção de sua fala e passa a se utilizar de estratégias para evitar a gagueira.

            A autora afirma que, a partir da noção do ser humano como um ser social, há a possibilidade de se pensar na gagueira de modo à incluir a subjetividade na discussão e de se pensar numa terapêutica que possibilite ao gago ver sua fala e a si mesmo de outra maneira, levando à cura.

            A leitura desse texto nos possibilita olhar para a gagueira de uma maneira diferenciada, diferente de como ela é abordada na maior parte da literatura fonoaudiologia ou nos textos midiáticos. A gagueira não é somente fruto do funcionamento de nosso cérebro ou de nossos genes, pois não somos somente fruto do funcionamento de nossos cérebros e nossos genes. Somos frutos de nossas relações sociais, também, da vida dentro de uma sociedade e uma cultura que nos precedem e nos marcam. A etiologia da gagueira pode não ser fácil de explicar quando pensamos dessa maneira, mas, pelo menos, aqui, há uma possibilidade de cura.

* Para quem não conhece o site, acho que vale a pena uma visita à página. Os autores, todos fonoaudiólogos, publicam conteúdos variados: desde textos sobre linguagem e desenvolvimento, até resenhas sobre livros e filmes. Falam a partir de uma perspectiva diferenciada: entendem que não há um perfil certo para o desenvolvimento de um indivíduo ou um desenvolvimento de fala e escrita. Desse modo, entendem que as diferenças não são necessariamente indicativas de uma patologia.

Fonte da Imagem: http://fonocs.spaceblog.com.br/1450829/Origem-da-gagueira-sob-a-perspectiva-linguistico-discursiva/

Por: Ana Carolina Prisco

A fonoaudióloga da  Clínica Sphera esta a disposição para atendê-los e esclarecer qualquer dúvida

Unidada I: Rua: Soldado João de Oliveira, 326, Pirituba, São Paulo- SP.

( 11)  2367 – 6051 , (11)  2367 – 6584

Unidade II: Rua: dos Alpes, 603, Curuça, Santo André, SP.

(11)  4509 – 4460,  (11) 4509- 4460

Aula experimental gratuíta

www.clinicasphera.com.br

 

VN:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/10 (0 votes cast)
VN:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Be Sociable, Share!

aletea

8 Comments

Johnc224

I like this site its a master peace ! Glad I observed this on google. The definition of a beautiful woman is one who loves me. by Sloan Wilson. dggdbefeffeg

VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Reply
Johnb901

Woah! I’m really loving the templatetheme of this website. It’s simple, yet effective. A lot of times it’s hard to get that perfect balance between usability and visual appeal. I must say you have done a great job with this. In addition, the blog loads super quick for me on Firefox. Excellent Blog! bbbdedddeedg

VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Reply
Smithb87

Spot on with this writeup, I actually believe this website needs a great deal more attention. Ill probably be returning to read through more, thanks for the info! eeeakcabdkaeakcd

VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Reply
Johnb180

I like the helpful information you provide for your articles. Ill bookmark your blog and check again right here frequently. I am quite certain Ill be informed many new stuff proper right here! Best of luck for the next! bdefcaedkked

VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Reply
Leona

Hi admin i see you put a lot of work in your website, i know how to
make your blogging easier, do you know that you can copy any article from
any site, make it 100% unique and pass copyscape test?
For more details , just search in google – rewriter creates an unique
article in a minute

VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Reply
Márcio Carvalho

Contato/Parceria para publicação de artigo de convidado

Olá, tudo bem? Vi que você é autor do site “http://www.fisionews.com.br/” e gostaria de saber se há espaço para publicar um artigo meu no site. Pensei no tema ” Semente de Sucupira”.

Aguardo seu contato se houver interesse e desde já agradeço sua atenção.

Abraços!

Márcio Carvalho
http://essencialdanatureza.com

VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Reply
Jesus

Bianca, muito obrigado pela pcipatira o.Seu coment rio muito pertinente e essa uma reflex o que deve ser feita.O portador de gagueira sofre diversos tipos de preconceitos e exclus es sociais.Como relatou a Carolina num post anterior, existe um preconceito horr vel de que o gago sofre de algum desequilibrio emocional.Sabemos que n o assim, a gagueira tem origem em problemas neurol gicos e gen ticos e um dos objetivo deste blog ajudar a conscientizar as pessoas sobre isso.Esperamos que continue pcipatirando e nos ajudando a melhorar nosso espa o.

VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Reply
Pen

Porquea? Apesar de eu pensar que isso e9 clraemante “mandar os foguetes antes da festa” pq efectivamente a pessoa sf3 acaba o curso em junho! Mas e9 giro!

VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0.0/5 (0 votes cast)
VA:F [1.9.18_1163]
Rating: 0 (from 0 votes)
Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.